Comendo Minha Ex Casada

Olá tudo bem? Me chamo Lucas, 26 anos, caucasiano, 85kg bem distribuídos, sou do tipo forte, 1,77 de altura e 20cm de rola.

Esse conto é com minha ex Paula.

Namoramos durante minha adolescência, ela sempre foi muuuito fogosa em qualquer lugar a gente estava se pegando, fosse local público ou não, ela sempre dava um jeito de me fazer um boquete ou dar uma rapidinha.

Depois que terminamos engatamos outros relacionamentos, ela casou e teve filhos, mas nunca deixamos de conversar, e sempre conversávamos coisas picantes do tipo, ahh sinto falta de foder com você, relembra as nossas loucuras e mandavamos nudes um para o outro também.

Paula é morena, baixinha do tipo magra, peito pequeno, bunda pequena (redondinha), mas depois que teve filhos ganhou um corpo mais volumoso.

A gente sempre dizia um paro o outro pra marcar de foder, certa vez deu certo, ela morava perto da minha casa e nesse dia coincidiu dela estar em casa sozinha, os filhos na escola e o marido (o corno) viajando. Então falei pra ela vir, ela aceitou na mesma hora, demorou um pouco mas chegou, recebi ela no portão, um pouco sem graças afinal já fazia mais de ano que não nos víamos pessoalmente. Ela entrou, trocamos algumas palavras, ela estava usando um shortinho curto, blusa preta decotada, batom vermelho na boca e muito cheirosa. Ficamos ali parados olhando um para o outro por alguns segundos na sala de estar, quando eu falei:

– Achei que você não iria vir.

– Eu estou há mais de mês sem sexo, estou louca pra dar pra você.

Ela veio falando isso em minha direção, sentou no meu colo de pernas abertas e me beijou. O beijo estava bem molhado, ela me decorava com a boca, eu comecei a beijar seu pescoço e ela se contorcia dizendo que estava com saudades da minha boca e do meu pau, ela se esfregava no pau enquanto eu beijava o pescoço dela. Eu tirei a blusa e o sutiã, aí notei que os seios haviam crescidos, mas não tinham caídos, pelo contrário, pareciam duas maçãs durinhas, chupei esses peitinhos deliciosos até ela não aguentar mais, deixei roxo, ela desceu do meu colo, se ajoelhou na minha frente e começou a tirar minha bermuda, tirou fuma vez, eu já estava galudão, pauzão pulsava, a mao dela era pequena, ela não conseguia fechar a mão em volta do meu pau e começou a chupar com uma vontade que parecia até que tinha anos sem chupar.

-Nossa, não lembrava do seu pau ser tão grosso e grande assim, minha mão nem fecha nele, que delícia. – Me olhava igual uma puta e chupava

– O pau do meu marido é menor e mais fino, aprendi a dar o cu pra ele, já acostumei, agora quero você comendo meu cuzinho pra eu ficar arrombada de verdade.

Aquilo deixou meu pau com as veias estourando. Estava louco pra comer aquela boceta e arrombar aquele cuzinho.

Ela me chupou durante um tempo e foi tirando e roupa, ficou pelada, vi sua boceta lisinha, igual quando éramos adolescentes, ela tem uma boceta linda, de ninfeta, bem fechadinha, ela me chupava e tocava um siririca. Me deitei no sofá e falei pra ela colocar a boceta na minha cara, fizemos um 69 l, chupei o cuzinho dela também. Ela não aguentando mais disse que ia sentar no meu pau, e assim fez, ela sentou com a bunda virada pra mim e começou a cavalgar, com uma mão ela batia siririca e com a outra aperta os peitinhos dela, eu levantei meu corpo e encostei nela abraçando ela por trás e apertando os seios dela e ela ainda cavalgando, dizia pra eu gozar dentro dela e que enchesse ela de porra pra depois fazer o marido dela chupar tudo*.

Depois dela cavalgar ela ficou de 4 no sofá se segurando no encosto, dei uma chupada na boceta e enfiei meu pau, e junto enfiei o dedo no cu dela, ela soltou um grito e eu bombei até ela gozar, ela goza e se contrai toda, fica trêmula, mas não parei de meter continuei metendo até ela gozar de novo e quase expulsar meu pau de dentro de tão contraída que ela ficou. Tirei meu pau da boceta e ela falou agora mete essa rola no meu cu, pedido atendido na hora, fui colocando a cabeça do meu pau e ela foi abrindo a boca sentindo o cu dela se abrindo, e fiquei alguns segundos só com a cabeça lá e lubrificando com minha saliva e a saliva dela, até que senti que o cu dela já está a bem aberto e fui enfiando a rola todane comecei o vai e vem, ela estava sentindo dor mas disse que queria mesmo sentir dor, era isso que ela estava procurando e que era pra eu meter com força que ela queria voltar arrombada para o marido*. Meti muito no cu dela, ela saiu da posição de 4 e disse que ia cavalgar com o cu dela, ela sentou no meu e cavalgou de frente pra mim, ela gozou novamente, quando eu disse que ia gozar ela falou espera, goza na minha boceta, meu macho vai chupar tudinho depois e assim foi ela sentou cavalgou e eu jorrei leite na boceta dela que quando ela levantou escorreu pela perna, ela se vestiu e disse que precisava ir.

Confesso que fiquei curioso pelo modo como ela falava do marido dela, e perguntei o que era essas coisas que ela estava falando do marido (*). Ela disse que o marido tinha vontade de ver ela fodendo com outro, mas que esse outro não podia ser o ex dela (eu no caso), mas que também ela poderia dar pra outro cara quando ela quisesse e que depois tinha que contar pra ele e ficar com a porra do outro macho pra depois ela mostrar e ele comer ela cheia de porra.

– que bizarro isso eu falei, então você vai falar pro seu marido que a gente transou?

– vou contar que transei, mas não com você, vou falar que foi com alguém da faculdade, ele disse que poderia ser com qualquer um que eu quisesse quando eu tivesse decidida, ele está voltando hj a noite, então vai me comer com toda a sua porra.

Aquilo foi me dando tesão novamente e eu respondi

– então ele gosta de ser corno manso?

– sim e da próxima vez vou tirar umas fotos e gravar um vídeo do seu pau entrando em mim, pode ser? E quem sabe a gente não faz outras sacanagens juntas com outra mulher

Aí que minha imaginação voou longe, pois durante nosso relacionamento eu disse a ela que eu queria comer ela e outro garota, mas ela não amadureceu a idéia, apesar de ficar tentada, então eu disse que mal podia esperar, já tinha até uma pessoa em mente, que era muito safada, a própria amiga da Paula, que na época que namorávamos deixou bem claro pra mim que queria que eu tirasse a virgindade dela (isso rende outro conto).

Enfim, a partir desse dia ela começou a ser minha puta, ainda não fizemos o ménage, mas estou louco pra fazer, ela disse que a mulher tem que ser linda e gostosa, pq ela quer experimentar também.

Meuzamigos, estou relatando este conto com o pau na mão, é muito tesão ou não é?

Até o próximo.

1 comentário em “Comendo Minha Ex Casada”

  1. Ola sou louco para pegar um loirinha, deve ter a buceta branquinha, ou pegar uma novinha deve ser uma delicia, ou pegar mae e filha😬 tambem pegar uma casada na frente do marido eita, mulher q esta ai cheia de tesÃo me chama no zap 11947841246

    Responder

Deixe um comentário



contos eroticos reaiscontod eroticoscontos eróticos academiarelatos eroticoscontos eróticos de incestocontos eroticos gay primeira vezcontos eroticos mais lidoscontos de encoxadascontoserocontos eroticos mae e filhocontos eróticos de incestoswww.contoerotico.comcontos erotico gayconto travesticontos erticoscontos eroticascontos eroticos encoxadascontos pornograficosúltimos contos gayscontos eroticos casadacontos eroticos gays cnncontos incestoconto erotico primocontosincestoscontos perdendo a virgindadeconto erocontos eróticos primacorno manso contoscontos de casalcontos insestocontos erotico incestocomtos eróticocontos.eróticosmeu marido cornoconyos eroticoscontos eróticos cunhadocontos eróticos 2018contos eroticos avoconto erotico cornocontos eroticos viadinhocontos eróticos travesticontos eroticos ineditoscontos eroticos brcontos eróticascontos eroticos por categoriacontos eroticos novinha safadaeróticosconto eróticoscontos eroticos reaiscontos eroticos troca de casaiscomendo a sogra contosincesto eroticotraveco dotadocontosincestoscontos de sexoscontos eróticos gayscontos heróticosconto erotico gaycontos cuzinhocontos eroticos recentesconto erotico menino gaycontos eróticos ônibuscontos eroticos carrocontos eroticos veridicoscontos eróticos recentesconto tiaconto erotico encoxadacomendo a madrastacontos eroticos reaisconto erotico swingcontos eroticos esposacontos eróticos lésbicacontos eroticos.comhistórias eróticoscontos eroticos incestuososcontoseroticos incestoxontos eroticoscontos eróticos de cornocontos eroticos em familiaconto sexo gaycontos eroticos banhocontos eróticos insesto